O que significa Rx?

Neste artigo vamos tentar responder a uma pergunta que sempre nos é feita. O que significa o símbolo da farmácia e da moderna prescrição, Rx?

Presente sempre no topo das prescrições, antecedendo a formulação, este símbolo tem várias explicações quanto ao seu significado.

A explicação mais simples – mas não a mais romântica – é que Rx é uma abreviação para a palavra latina recipere ou recipe, que significa “faça uso de”.

Antes dos medicamentos industrializados, os apotecários (também conhecidos com doutores), podiam vender prescrever uma formulação. Eles podiam misturar os diversos componentes para obter um medicamento ou remédio.

Nos Estados Unidos, penas no início do século XIX é que ocorreu a diferenciação entre os apotecários, originando e os farmacêuticos e os médicos, tal qual os conhecemos.

Na Europa, por exemplo, esta distinção já existia desde o século XIV, quando Frederico III separou oficialmente a farmácia da medicina.

De acordo com a XIX Edição do Pharmaceutical Handbook, Rx significa “fiat mistura”, ou seja, preparar a mistura, manipular a mistura. Em algumas prescrições o Rx inicial é substituído pelo F.S.A (Fiat Secumdum Artem), ou faça-se segundo a arte.

Inicialmente, o símbolo era representado com um R, cuja “perna” diagonal era cortada por um pequeno traço diagonal, formando um x.

Esta representação nos leva a uma outra: o símbolo Rx não é, como geralmente se acredita, a abreviação de recipe, mas sim uma outra coisa: uma invocação ao deus Júpiter. Segundo o livro “Devils, Drugs and Doctors, de 1931″, o símbolo Rx é uma invocação ao deus Júpiter, para que auxilie na efetividade do tratamento. Em alguns manuscritos médicos antigos, o “R” é atribuído ao deus Júpiter, e o “Rx” (ou seja, um “R” com a perna cortada) é uma corruptela deste símbolo ancestral. Repare que o símbolo astrológico para o planeta Júpiter assemelha-se a um R cortado.

Outra explicação possível é que o símbolo seja derivado o Olho de Horus, cuja explicação completa você pode ver clicando aqui.

A palavra farmácia, criada na idade média, deriva do grego pharmakeia, que por sua vez deriva de pharmakón, o que significa, medicamento, veneno ou alimento.

Apesar de verdadeira história da farmácia começar na China (com o Pen-T-Sao, ou Livro das Ervas), a compilação mais famosa é o Papiro de Ebers, datado de 1500 AC (provavelmente uma compilação dos Livros de Thoth, datado de 3000 AC).

Nestes manuscritos egípicios, está grafado o termo Ph-ar-maki (que significa “o guardião da seguridade”), atribuído ao deus Thoth, patrono dos médicos, e que recolocou, por meio de sua magia, o Olho de Hórus novamente no lugar.

A farmácia na Europa foi derivada da tradição grega, mas foi “contaminada” com influencias egípicias e asiáticas, além do árabe. Assim, o Olho de Hórus pode ser a maior influência no símbolo da prescrição farmacêutica, o Rx.

[print_link]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s